XII
 
 
CAIXAS, OH!

ESTE COLECIONA chapinhas; outro orquídeas ou gatos; cada um tem o seu hobby.

        Ninguém  para  sentir  como  ele  a  beleza   de  uma caixa, e

    Tinha-as quadradas, retangulares, ovais, oblongas, redondas; alvas, com frisos, sem, azuis-celeste, esverdeadas; as pequeninas dentro das grandes, as grandes dentro das grandalhonas – todas dentro do coração.

       O seu dia mais feliz foi o do casamento; enquanto a noiva ia ao cabeleireiro, ele recebia os presentes; recebia, e atirando-os pela janela, guardava - as caixas, que orgia!

         “Então, e a noivinha?”

         “Hem ? Que noivinha ?”

         Esta amargura roía o colecionador: não contar, entre as muitas, a caixa onde os amigos o levariam um dia para o céu, essoutra enorme caixa arredondada e perfeita.

 

Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Seguinte
Pag Seguinte
Pag Seguinte

Pag

 14/37

Mostrar Mais

cmp