XIII

As irmãs

 

São entusiastas e belas de corpo, as irmãs.

Dianas caçadoras.

Cujo orgulho do sexo ó proclamar: “Na casa de meus pais.”

E o pai vê a esposa remoçar nas jovens filhas; e a mãe encontra o marido moço no filho, e o beija.

 

Ah, seguem à frente, vaidosas dos seios nascentes. Sabem.

Vão com as mãos direto aos objetos.

A mais velha declara que será bailarina, a caçula, no colo da Avó, confessa a vocação para carmelita.

(O rapaz, só um bem o motiva: a poesia; ouve as falas e recalca em segredo).

 

Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Seguinte
Pag Seguinte
Pag Seguinte

Pag

 15/22

Mostrar Mais

cmp