IX

O ir-e-vir da mãe.

O pai. De livro sempre ou ferramenta.

As coisas. O prazer de apontar e nomeá-las. 

 

E vê chegar as irmãs

Seu sangue.

Com elas cresce. Em grupo conhecem o júbilo de olhar, de ouvir, de acariciar.

De abrir os braços, tanto espaço; e dizer: – EU!

 

Pinóquios, disputam o livro-de-imagens e a maçã, pugnam belicosos – os irmãos; na arena da praça são uma muralha só.

 

Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Seguinte
Pag Seguinte
Pag Seguinte

Pag

 11/22

Mostrar Mais

cmp