I

Sobre rocha,

                   não sobre argila, ergue-se a casa. Feita pelo homem, não feita pelo homem; a irromper com a naturalidade do fruto ou da fonte.

As empenas deu-as a terra, o telhado deu-o a terra, janelas e portas de comunicar com o mundo, são dádivas da terra.Sobre rocha, não sobre argila.

E o homem – herdeiro e empreendedor – nela assiste com os seus.

 

Todo homem devia construir sua casa.

Com  as próprias mãos.

O chão de-direito lhe pertence. (Um pouco basta para fundar). Na força e no entusiasmo de seus melhores dias, devia o homem sonhá-la e construí-la.

 

Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Anterior
Pag Seguinte
Pag Seguinte
Pag Seguinte

Pag

 03/22

Mostrar Mais

cmp